Gurizada do time do fim da rua, "arrasa e elimina" o Paraná Clube; Sub-23 é Furacão também! 

Cala boca no Giancarlo de tal; meninos de ouro do Atlético vencem tricolor na Vila Capanema por 2 x 0 e vão às semifinais do Estadual de número 100. Marcos Guilherme e Crislan, espetaculares. Dá-lhe, Furacão.

Atlético Sub-23 bate Paraná e está na semifinal do Paranaense

Depois de perder por 2 a 1 no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paranaense, o Atlético conseguiu reverter a desvantagem fora de casa contra o Paraná, vencendo por 2 a 0 e garantindo a classificação para a semifinal do Estadual.

Herói da partida, Marcos Guilherme fez os dois gols do Atlético e se consolidou como grande destaque do time sub-23 do Furacão, comandado por Petkovic. Assim como fez no ano passado, a equipe não utiliza o time principal no Paranaense. Depois de ser pressionado pelo Paraná, o jovem time visitante teve sangue frio e conseguiu se recuperar. Paulinho Oliveira chegou a acertar uma bola na trave logo aos 22 minutos do primeiro tempo, desperdiçando uma ótima chance para os mandantes.

No entanto, Marcos Guilherme assumiu a responsabilidade e primeiro assustou o adversário, ao tentar encobrir o goleiro. Poucos minutos depois, Cristian lançou o meia, que tocou na saída do arqueiro mais uma vez, agora acertando o alvo. No segundo tempo, o meia fez bela jogada individual, deixou Brinner para trás, disparando em direção ao gol e chutando forte, marcando o gol da classificação do Furacão. A partir disso, o Atlético recuou para segurar o resultado e ainda teve um jogador expulso. Otávio fez falta dura em Naythor e recebeu cartão vermelho direto.

Ficha técnica
Paraná Clube 0 x 2 Atlético
Local: Estádio Durival Britto em Curitiba
Data: 23/03/2014 - Domingo - Horário: 16h
Árbitro: Fabio Filipus -  Assistentes: Bruno Boschilia e Daniel Cotrim de Carvalho

Público Total 6.449
Renda R$ 135.545,00

PARANÁ: Marcos; Roniery, Brinner, Naylhor e Breno Lopes; Cambará(Julio Cesar), Elton(Léo), Fernando Gabriel e Lúcio Flávio; Paulinho Oliveira(Ricardo Conceição) e Giancarlo.
Técnico: Milton Mendes

ATLÉTICO: Rodolfo; Mário Sérgio, Ricardo, Lucas Alves e Olaza; Otávio, Juninho, Hernani, Zezinho(Bruno Furlan), Marcos Guilherme; Crislan 
Técnico: Petkovic 
Resenha da hora na Baixada:
Março "Vermelho e Preto"
Rede Capgigante promove almoço comemorativo dos "90 anos do Atlético"
Confraternização atleticana  vai marcar a data de aniversário do Furacão que é também o Dia Estadual do Clube Atlético Paranaense. Almoço acontecerá no Restaurante Porta Romana em Santa Felicidade e terá início às 12 horas do dia 26 de março/14.

O evento, cuja adesão custa R$ 60,00, é uma iniciativa da Rede Capgigante, articulação de referência da comunidade rubro-negra nas redes  sociais. Neste momento de grande expectativa pela reabertura da Arena da Baixada e de importância pela presença do Furacão na Copa Bridgestone Libertadores da América, temos razões de sobra para saudarmos efusivamente os 90 anos da fundação de nosso clube, dizem os organizadores.

Como participar: as reservas para o almoço devem ser efetuadas, através deste endereço de e-mail: comitegestor@redecapgigante.com e a confirmação da reserva se dará mediante a aquisição do convite nos dias 18 e 19 do corrente, em local que será divulgado nos próximos dias.. Informações também podem ser obtidas pelo fone 41 9770.7018

Ponto de Encontro Copa na Arena da Baixada
Neste sábado (15), teremos novo momento da contagem regressiva para a reabertura de nosso estádio Joaquim Américo. Será no Ponto de Encontro Copa na Arena da Baixada (rua Engenheiros Rebouças esquina com rua Buenos Aires). Horário é o mesmo de sempre, 11h. Venha participar desta fotografia histórica do Clube Atlético Paranaense.

Sub-23: Petkovic espera que Furacão repita boas atuações no Ecoestádio
Um Sub-23 competitivo e pronto para o mata-mata. É nisto que acredita o técnico Petkovic, às vésperas do início das quartas de final do Estadual 2014. Diante do Paraná Clube, os rubro-negros iniciam a disputa por uma vaga na semifinal do Estadual neste domingo (16), às 18h30, no Ecoestádio. "Estamos trabalhando como se fosse uma final, prestando muita atenção nos detalhes. Precisamos fazer o nosso estilo de jogo. São dois jogos, mas temos que encarar como se fosse um jogo de 180 minutos.

É uma decisão", destaca o treinador. "É importante fazer um bom resultado. Jogaremos em um estádio onde nós fizemos as nossas melhores atuações. Estamos confiantes para a partida e esperamos repetir as boas atuações que tivemos ao longo do Estadual", analisa o comandante do Furacão. Para Petkovic, a força da torcida, que esgotou as habilitações de Smart Cards para o confronto, será fundamental para o Furacão alcançar a vitória. "Com o apoio da torcida vamos jogar com ainda mais vontade, pressionando mais o Paraná e buscando o resultado positivo", finaliza o técnico do Sub-23.

Coletivo forte
Na manhã da sexta-feira (14), o Sub-23 do Atlético Paranaense realizou o penúltimo treinamento antes do clássico. Durante a atividade do dia, que durou cerca de duas horas, Dejan Petkovic deu ênfase aos trabalhos de finalização do ataque rubro-negro. Além da atenção especial às conclusões, o treinador comandou o terceiro trabalho coletivo da semana e orientou o posicionamento da equipe. Após o treinamento, os atletas foram liberados à tarde e retornam ao CT Alfredo Gottardi no período da noite para iniciar a concentração para o clássico diante do Paraná Clube. Neste sábado (15), Petkovic comanda, no período da manhã, a última atividade visando a partida de domingo (16), no Ecoestádio.

"É como se fossem a 1ª final do Estadual", destaca Rodolfo
Capitão da equipe Sub-23 do Atlético Paranaense, o goleiro Rodolfo sabe das dificuldades que o Furacão enfrentará a partir da segunda fase do Estadual 2014. "Temos que entrar ligados em todos os jogos. Esta fase agora é como se fosse a primeira final do Estadual", afirma o goleiro, que destaca a importância do amadurecimento da equipe atleticana. "A equipe amadureceu bastante. Nós precisamos aprender com as falhas, repetir os acertos e buscar não falhar mais e acertar o máximo possível", ressalta. "O mata-mata é a parte mais difícil da competição. É mais pegado, mais batalhado. Temos que entrar com tudo dentro de campo", finaliza Rodolfo.

Atlético volta do Peru pensando no ataque
Éderson foi único jogador em comum em todas as partidas e poderá ter a companhia de Marcelo, recuperado, na próxima rodada, novamente contra o Universitario. O Rubro-Negro deixou o Peru na manhã da sexta-feira com um mis¬¬tério no ataque. Apesar de ter vencido por 1 a 0 o Universitario, na quinta-feira, e de ter se mantido vivo na briga pelas oitavas de final, o time não sabe quem estará na linha de frente para o repeteco do confronto com os peruanos, agora na Vila Capanema. Partida está marcada para as 17h30 de feira.

Até agora, nos cinco jogos que disputou na competição, incluindo os dois na Pré-Libertadores, o técnico Miguel Ángel Portugal escalou cinco formações diferentes de ataque. O matador Éderson – tem três gols – tem sido a única peça onipresente. No primeiro jogo com o Sporting Cristal, seu parceiro foi Marcelo. No jogo de volta, Douglas Coutinho juntou-se aos dois no trio de atacantes, mas Marcelo deixou o campo contundido no fim da partida.

Com o início da fase de grupos, voltou-se ao esquema com dois atacantes. Mosquito ganhou uma chance diante do The Strongest. Na rodada seguinte, contra o Vélez, Éderson fez “carreira solo”. Por fim, em Lima, Douglas Coutinho e Bruno Mendes compuseram o trio ofensivo – apenas o primeiro teve atuação destacada. E nessa mistura de ingredientes ainda há Adriano recuperando ritmo de jogo. Em tese, Marcelo é o favorito a ser o titular ao lado de Éderson, desde que se recupere da lesão.

“Somos um time ainda em construção”, admitiu Portugal. “Estamos buscando o melhor sistema e nem sempre jogar com mais atacantes é sinônimo de ganhar”, acrescentou, colocando suspense também no desenho tático da equipe.

Nem o diabo tira a Copa do Caldeirão. Dá-lhe, Atlético!
Última confirmação da Arena da Baixada como estádio da Copa do Mundo de 2014, ocorre na coletiva do secretário geral da FIFA Jérôme Valcke.

Dirigente diz obras evoluíram e dão segurança de boa recepção aos jogos do maior evento futebolístico do planeta.

Viva a Nação Rubro-Negra!

Viva o Presidente Mario Celso Petraglia!

******      ******      ******

Jérôme Valcke ‏@jeromevalcke
Curitiba reconfirmada como sede da #Copa2014, com base nas garantias financeiras, compromisso de todas as partes & progresso feito.

 
Contagem Regressiva
para a
Copa do Mundo na Baixada

Faltam 78 dias